file

A história da Canter

Números históricos

A Canter é produzida desde 1963, tendo saído, desde então, da linha de montagem um total de oito gerações de modelos e 3,5 milhões de veículos – a maior parte continua em circulação pelas estradas do mundo. Em 2008, a Canter registou o mais elevado número de produção anual até hoje, com 144.000 unidades, o que faz da Canter o veículo comercial mais produzido do Daimler Group.




1963

Canter T720
A primeira Canter saiu da linha de montagem em março de 1963. O nome Canter refere-se à sua força e resistência, comparáveis às características de um cavalo.

1968

Canter T90
A segunda geração da Canter foi divulgada em julho de 1968. Todos os modelos estavam equipados com motores dinâmicos e potentes (55 kW a gasóleo ou 60/70 kW a gasolina), o que permitiu à Canter atingir os melhores valores de aceleração e velocidade da sua classe.

1973

Canter T200
A Terceira geração da Canter foi lançada em 1973. A Série T200 caracterizou-se pelas extensas modificações em todos os componentes mais representativos, como a frente da cabine.

1978

Canter FE1
No fim dos anos 70, a quota de mercado da Canter cresceu para mais de 20%. O grande êxito deve-se à introdução das séries de modelos FE1 e FE2 em outubro de 1978.

1985

Canter FE3
Os modelos FE3 e FE4 foram apresentados em outubro de 1985 sob o lema "Today’s new Canter, loaded for the future". A quinta geração da Canter teve um conceito de design totalmente novo.

1993

Canter FE5
Em novembro de 1993, pontualmente para o 30.º aniversário da Canter, foi divulgada a sexta geração. Os novos modelos FE5 foram vendidos sob o slogan "GOOD TRUCK" e caracterizavam-se por cabinas aerodinamicamente otimizadas e motores de alta potência, como o novo motor aspirado de 103 kW com injeção direta.

2001

Canter FE7
Em 2001, a Canter foi sujeita a um facelift. O FE6 foi sujeito não só a amplas alterações do design, como por exemplo na grelha do radiador e nos faróis; foram também introduzidos novos motores Euro 3, que cumpriam as alteradas normas europeias relativas aos gases de escape. Além disso, a partir daquele momento, o ABS passou a ser de série em todos os modelos 544, 649 e 659.

2005

Canter TD
A sétima geração da Canter chegou ao mercado europeu em 2005. O modelo foi completamente revisto e ganhou com melhorias significativas em termos de fiabilidade, funcionalidade, rentabilidade, versatilidade e, sobretudo, segurança e conforto.

2009

Canter TD Euro 5
Em 2009, a TD recebeu uma renovação a nível de motor. Todos os modelos foram equipados com motores Euro V (norma EEV), com a versão de 129 kW a ser oferecida com tecnologia BlueTec® desenvolvida pela Daimler.

2011

Canter TF
A geração seguinte da FUSO Canter foi profundamente revista em relação à tecnologia e à imagem. Além disso, a Canter foi o primeiro camião ligeiro a nível mundial a ser produzido com uma caixa de velocidades automática de dupla embraiagem: a DUONIC.